MITOS E VERDADES SOBRE O ÓLEO LUBRIFICANTE PARA MOTOR

Dentre algumas das principais questões levantadas sobre os lubrificantes automotivos podemos destacar:

  • Existe uma quilometragem para troca?
  • Óleo lubrificante é tudo igual?
  • Antes de uma viagem, devo trocar o lubrificante?

 

Essas e outras questões são muito comuns e agora vamos esclarecer para que você não tenha mais dúvida e aprenda a cuidar do seu motor:

1)    Um óleo lubrificante bom dura para sempre?

Mito. Independente da qualidade do lubrificante, sempre há um período para efetuar a troca, seja pela quilometragem rodada ou pela validade do produto.

2)    Deve-se usar sempre o lubrificante sugerido pelo fabricante do veículo?

Verdade. Na hora da troca, o proprietário deve levar em conta as indicações do fabricante, acompanhar a viscosidade sugerida, assim como o nível de performance.

3)    Óleos lubrificantes são iguais e podem ser utilizados em qualquer tipo de motor.

Mito. Viscosidade e aditivos na formulação são pontos considerados na hora de desenvolver um lubrificante para um determinado motor. 

4)    Existe algum aditivo milagroso para misturar com o lubrificante recomendado pelo fabricante?

Mito. Os lubrificantes já possuem em sua formulação os aditivos necessários, ou seja, não é preciso/recomendável adicionar algo.

5)    Motores preparados e/ou antigos usam lubrificantes especiais? 

Mito. Tanto carros antigos, quanto os atuais, preparados ou não, devem usar o lubrificante recomendado pelo fabricante do veículo. No caso dos preparados o proprietário pode seguir o Manual do Proprietário ou a recomendação do preparador de confiança.

6)    Existe temperatura ideal para medir nível e/ou trocar o óleo?  

Verdade. Na hora de medir, é bom ter o motor em repouso por alguns minutos para que o lubrificante esteja todo no cárter. Já para a troca, se o lubrificante estiver quente, ele escoa com mais facilidade.

7)    Fabricantes de óleos lubrificantes seguem regulamentações em busca de qualidade e sustentabilidade?

Verdade. As fabricantes de lubrificante devem seguir as regulamentações na ANP, órgão que regulamenta a produção, qualidade, desempenho, óleos básicos e legislações do segmento.

Quer saber mais sobre lubrificantes para seu motor? Siga a Valvoline nas redes sociais!

Instagram https://www.instagram.com/valvolinebrasil/

Facebook: https://www.facebook.com/ValvolineBrasil

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira Outros Artigos

Confira

Você sabe como funcionam os sensores de temperatura do seu carro?

Manter a boa temperatura do motor e outros componentes mecânicos é primordial para evitar gastos…